cronica_semana_67_perfil_facebook

Janeiro se foi. Dias de calor, férias, curtição de praia, tudo numa boa. Mulheres morenas, queimadas de sol, a cor dos meses de verão. Ficam mais bonitas e atraentes. Tudo é uma festa neste início de ano. Agora é esperar pelo carnaval, que ninguém é de ferro, para trabalhar tem o ano todo. Mas deixa pra depois do carnaval…

Assim é o nosso Brasil, graças a Deus. Muito sol, samba, futebol, praia e mulheres bonitas. É um país de sonho, ou não é? Por isto mesmo todo mundo fica encantado com a nossa terra, os gringos morrem de inveja. E nós nem damos bola para isto. Temos um paraíso, vivemos nele e nem nos damos conta disto. Pra que a gente ficar se azucrinando, por exemplo, com as bandalheiras dos políticos, se isto nem mesmo influi na beleza de nossas coisas. Deixa o Toninho Malvadeza ficar vociferando, bobo que ele é, devia é estar curtindo as maravilhas da Bahia. Deixar rolar, para ver como é que fica, esta a filosofia mais sadia e em voga no momento.

E está explicado porque dizem que Deus é brasileiro e vai ver é mesmo. Aqui, as coisas se arrumam por elas mesmo, ninguém precisa mexer nada. Aliás, é até bom que não mexam, pois só fazem atrapalhar. Eu, por mim, deixava tudo caminhar mansamente, nada de esquentar a cuca, que ia tudo numa “nice”. Por isto mesmo é que a gente não tem guerra, não tem terremoto, nada disto. Tudo na paz. Se acabar a inflação, então, ninguém mais nos segura. O mundo inteiro vai querer vir pra cá.

Já pensaram? Será o paraíso, aliás, já adivinhado pelos portugueses, quando afirmaram para o seu rei, Manoel II , o Venturoso, que, plantando, nesta terra, ia dar de tudo. E deu mesmo. Só faltou plantar vergonha na cara e responsabilidade…

Um abraço e até a próxima