cronica_semana_#19_perfil_facebook

Devo começar pela mais recente falcatrua descoberta neste Brasil. E de onde poderia vir? Adivinhem! Adivinhem! Mole, não? De um banco, gente. De onde mais poderia ser? Agora foi a vez do Nacional, um rombo de mais de cinco milhões de reais. Isto até agora, mas deve dar muito mais, quando acabar de apurar. Mas será que vai ter apuração, mesmo? A pouca vergonha continua solta e parece que desta vez o Banco Central também está enrolado, pois já sabia do rombo, a trambicagem vem desde 1986. Agora a pergunta do dia, ou da semana: alguém vai pagar ou fica por isto mesmo? Podem responder para a Rádio Pontal e quem acertar vai ganhar um guarda-chuva.

Enquanto isto, o caso do Econômico continua rolando. Dizem os bons da República que vão fazer e acontecer, mas no Angelo Calmon ninguém toca. Ele continua mesmo calmão… O homem está até indo à missa, como se nada tivesse acontecido. Os milhões que escamoteou estão bem guardados, longe das lentas e vacilantes mãos da justiça brasileira. No fim, ele sabe que não vai pagar a conta, não vai pagar é nada. E uma banana para nós.

Gente, isto precisa ter um fim, até parece brincadeira, este pessoal tem de ir para cadeia, rapidinho. Coitado do PC Farias, já foi esquecido. Não dá mais para suportar tanta roubalheira junta. É o Econômico, é o Nacional, quem será o próximo? É nosso dinheiro que está rodando, é com ele que o Banco Central segura as pontas. Traz a conta que o povo paga. O povo não pode reclamar. Mas um dia o povo se enche, deixa de ser cordeiro e terá seu dia de lobo. Já está passando da hora.

Até que não era para falar tanto disto não. Mas não dá para continuar, está demais. Se fosse em outro país, já tinha gente na cadeira, gente suicidando de vergonha. Mas aqui, a justiça não é só cega, é caolha e sua balança anda bem desregulada. Por isto é que acaba tudo em tapinha no ombro entre políticos e banqueiros, que é o que eles mais gostam.

Um abraço e até a próxima.